Sobre nós foto
list iconBio

Um concerto onde a partilha de ideias e emoções, caminhará de braço dado com o intercâmbio entre tradições, culturas e gerações.

 

Fazendo justiça à manta de retalhos cultural em que cresceram e evoluíram musicalmente, a sua música é marcada pela reinterpretação da tradição. Uma moderna abordagem da música de raiz tradicional, portuguesa e do mundo, que através das sensibilidades de cada um, toca a doçura e a violência através de instrumentos que conversam, aprendem e constroem novas histórias.

Com Joana Lopes na Voz, Samuel Louro nos Cordofones, Rafael Gomes no Acordeão Cromático Bissonoro, Daniel Pereira no Contrabaixo, José Andrade no Saxofone e João Vieira na Percussão, AHKORDA é um projeto de onde se libertam sonoridades que transpiram ligação à terra, à tradição, à busca e ao encontro constante de uma entidade cultural. 

 

list iconMembros
...

Joana Lopes

Voz

Desde cedo que demonstrou o gosto pelo canto e pela música, mas só começou os estudos e o seu percurso musical aos 16 anos no Conservatório de Música das Artes do centro, em guitarra clássica. 
Dois anos mais tarde fez provas de acesso para o Curso profissional de Instrumentista de Jazz, no Conservatório de Música de Coimbra, onde concluiu com sucesso os 3 anos de formação. Atualmente é estudante da Licenciatura Jazz, na Universidade de Évora onde estuda canto jazz com Joana Espadinha, um dos nomes atuais da música portuguesa, estando já no segundo ano da licenciatura.
Conta já com participações em workshops de Big band e oficinas com grande nomes da música nacional e internacional.
 

...

Rafael Gomes

Acordeão Cromático Bissonoro

Aos 13 anos iniciou a aprendizagem de Concertina, tendo sido membro de diversas associações culturais como o Rancho Folclórico de Mira de Aire e o Grupo de Concertinas da Barrenta. Posteriormente foi fundador de alguns projetos ligados à música tradicional e popular portuguesa. Desde então, tem-se dedicado ao estudo, de forma autodidata, da concertina e desde 2013 tem-se também dedicado ao ensino desse instrumento. Ao longo do tempo, tem participado em diversas masterclasses com músicos como: Aurélien Claranbaux, Laurent Geoffroy, Cyrille Brotto, Lolita Delmonteil Ayral e Didier Olivier. É fundador e atual presidente da Associação Cultural Espírito Claro, associação que atua no plano da música de raiz tradicional e popular e na sua relação com todas as outras formas de expressão. A par do projeto Ahkorda é membro e co-fundador de outros projetos na área da música tradicional como Nat-u-Ra e Aire.

...

Samuel Louro

Cordofones

Iniciou os seus estudos musicais aos 12 anos de idade, no Conservatório de Música Jaime Chavinha, na classe de percussão, no qual conclui o 8º grau. Desde sempre tem participado em inúmeras atividades relacionadas com a música nas quais se destacam os grupos Xarals Dixie, a Sociedade Musical MIndense e Orquestra Académica do Médio Tejo. Desde 2014, dedica-se também ao estudo de bateria Jazz e de Músicas do Mundo.

...

José Andrade

Saxofone

Começou o seu percurso artístico em clarinete aos 15 anos na Escola Profissional de Artes da Beira Interior na vertente clássica, onde participou em vários masterclasses e workshops com músicos como: Radovan Cavallin, Hedwig Swimberghi, Dominique Vidal, Luis Gomes, Carlos Gil, Justo Sanz, Ettiene Lamaison, António Saiote, Henri Bok. Interessa-se por outros géneros musicais como a música experimental, o jazz, o rock, a música improvisada ou a música eletrónica, tendo participado em projetos como Salad Ensemble, Woom, Coffee and Cigarettes e Slow is Possible. Neste momento encontra-se como músico freelancer fazendo grande parte do seu trabalho ligado à música improvisada/experimental e ao jazz, é também membro fundador da banda Slow is Possible, onde se encontram com o seu primeiro disco lançado pela Jacc Records em novembro de 2015

...

Daniel Pereira

Contrabaixo

Iniciou o seu percurso musical aos 19 anos de idade, logo após a entrada na Tuna Masculina do Instituto Politécnico de Leiria, onde se dedicou à aprendizagem do contrabaixo. Anos mais tarde, sentindo necessidade de aprofundar os seus conhecimentos, ingressou na escola de música da Soc. Fil. Gualdim Pais, onde estudou durante um ano. Fez parte de projetos que se dedicavam aos covers, desde o fado até à música rock.

...

João Salada

Percussão

Baterista desde tenra idade  demonstrou talento para a música aos 3 anos. Influenciado pelos pais que eram músicos filarmónicos, desenvolveu uma paixão pela música que só tendeu a crescer. A sua formação iniciou-se na Sociedade Filarmónica Senhor dos Aflitos do Soutocico com 6 anos. Aos 10 anos ingressou no  Orfeão de Leiria onde prosseguiu os estudos em percussão, até aos 17 anos. Estudou  também bateria jazz no Conservatório de música de Coimbra. Para além do projeto Ahkorda, integrou outros projetos musicais dentro dos variados estilos, NKZ, é um dos que se mantém ativo.

Made by David Carvalhana